quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Não há necessidade!

Não havia necessidade de repetir este numero. Refiro-me ao que se passou no parlamento com a eleição frustrada do vice-presidente apontado pelo maior partido da oposição. A crítica vai toda para o PSD.... nem sequer conto com o MPT. João Isidoro por quem já nutri algum respeito é um caso perdido como tantos outros que deviam deixar a politica. Ha´gente que não anda nem deixa andar...por favor vão para casa. Façam alguma coisa de bom no resto das vossas carreiras... Precisamos de gente sã. Sem vícios, sem manhas. DISPONIVEIS.

5 comentários:

Anónimo disse...

Isto demonstra e elevada qualidade das oposições eleitas pelo POVO!
DEMOCRACIA é isto também!
Não é dar um tachinho ao Sr. Y só porque sim.

Anónimo disse...

Ouça lá....então a culpa é do Isidoro e não do PSD que só cede 10 votos?

Roquelino Ornelas disse...

O vizinho não "atremou"?

Donato Paulo Vares Macedo disse...

Caro Roquelino na minha modesta opinião, esta impossibilidade crónica é o resultado de contendas pessoais que extravazam o âmbito da normal dialéctica política. É pena pois ficamos todos a perder.

Paulo Gomes disse...

É triste quando não se entendem no local de trabalho. Seja quem for proposto, deveria ser aceite porque é um desejo do partido que tem esse direito.
Penso que é orgásmico para Isidoro, o homem nunca se sentiu tão importante ao ser peça fundamental, por dolo do PSD, na recusa de Bernardo Martins. Entretanto, o PSD vai manejando só e orgulhosamente só a Mesa da AL.
E o carneiro do eleitor, no mínimo, deveria sentir-se enganado quando vê estas e outras tropelias no órgão máximo de governo da Madeira. Também, se é carneiro...não se espere mais.
Agora, na pele de Bernardo Martins, nem à 2ª se eu teria tentado. Será que a vontade é assim tanta?