segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Os parentes de Cavaco

Caíram na lama os parentes do Presidente Cavaco.
A contragosto lá teve de promulgar uma revisão do Estatuto Político Administrativo dos Açores que prevê uma tramitação especifica em caso de dissolução da Assembleia Legislativa dos Açores. Não tem interesse nenhum a razão da polémica que Cavaco veio levantar. O que se passa é que se se verificarem condições para ser dissolvido o parlamento açoreano [ coisa que não se vislumbra porque Carlos César acaba de ser reeleito com mais uma maioria absoluta] o PR tem de ouvir para além do conselho de estado e os partidos politicos, o governo açoreano e os partidos representados no parlamento insular.
Cavaco que está longe de ser um autonomista ainda está com engulhos e até disse que a qualidade da democracia ficou ameaçada.
É de rir ou de chorar?

2 comentários:

MVMendes disse...

Interessante a (verdadeira) história do Estádio dos Barreiros.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_dos_Barreiros

amsf disse...

Ele devia era se preocupar em ter que ouvir o Dias Loureiro!